50 Cent – The Big 10 (Mixtape)


Em comemoração à sua mixtape de estreia (50 Cent is the Future, de 2002), Curtis Jackson (que também atende por 50 Cent) acaba de soltar sua mais nova fitinha, nomeada The Big 10. O projeto conta com participações de Kidd Kidd e Paris, últimas contratações da G-Unit Records.

Fifty prometeu Um clipe para cada canção da nova mixtape. O download gratuito de The Big 10 pode ser feito aqui. Enjoy.

O documentário da 4AD Records

4ad.jpg

Fundada em 1979 por Ivo Watts-Russell e Peter Kent (na época ainda como Axis Records), a 4AD Records tem uma história bem peculiar quando o assunto são capas de discos, além do catálogo de bandas, claro.

Cocteau Twins, Dead Can Dance e This Mortal Coil são alguns dos exemplos lançados pela gravadora que, graças ao talento dos designers Vaughan Oliver e Nigel Grierson, conseguiu encantar a cena alternativa tanto pela música quanto pela arte gráfica dos LPs.

Ainda nos dias de hoje a 4AD pertence ao Beggars Group (que também administra as empresas Matador Records, XL Recordings e Rough Trade Records), com bandas como The National, Bon Iver, Iron & Wine, entre outras, compondo o atual casting do selo, que ganhou um belo audiovisual 23 Envelope Documentary focado justamente no design, na arte e por aí vai. A década em questão é a de 1980. Assista:

Quando David Bowie compôs “All The Young Dudes”, clássico do Mott The Hoople

Em 1971, o Mott The Hoople tinha quatro discos lançados e um ou outro reconhecimento da crítica especializada. Mas como o grupo nunca desfrutou de muito sucesso comercial, decidiu encerrar as atividades.

Já contando com o término do grupo, o baixista Pete Watts perguntou ao colega, um tal de David Bowie, se o Camaleão não precisava de novos músicos de apoio.

Ao saber do possível fim do Mott The Hoople, Bowie implorou para que os integrantes reconsiderassem a ideia, até que se ofereceu para produzir o próximo disco da banda, com direito a duas músicas de sua autoria (entre “Suffragette City” e “All The Young Dudes”, a segunda opção acabou sendo a escolhida).

“Ele quer nos dar isso? Ele deve estar louco!” – Dale Griffin, em entrevista à revista Rolling Stone

O resultado de tamanha “generosidade” foi o álbum All the Young Dudes, lançado em 1972 pela Columbia. Embalado pela faixa título, que contava com David Bowie no violão e backing vocals, o disco foi o maior sucesso comercial da banda, o único sucesso a figurar no Top 40 britânico. Pouco tempo depois, o Mott The Hoople ainda lançaria outro grande disco antes de decretar oficialmente o fim do grupo.

Mick Ralphs se juntaria a Paul Rodgers e Simon Kirke no Bad Company, enquanto o ex-vocalista Ian Hunter começaria uma bem sucedida carreira solo. Ironicamente (ou não), o Mott The Hoople continua sendo lembrado pelo hit “All the Young Dudes”.

Em 1992, David Bowie, Ian Hunter e Mick Ronson se juntaram aos remanescentes do Queen durante o tributo a Freddie Mercury para, juntos, interpretarem o hit “All The Young Dudes”. Que você assiste logo abaixo.

A homenagem de Neil Young aos mortos da Universidade Estadual de Kent, em Ohio

Image and video hosting by TinyPic

A Universidade Estadual de Kent, uma das maiores do Estado de Ohio, Estados Unidos, foi alvo da imprensa mundial durante o mês de maio de 1970 (especialmente no dia 4). Após váios dias de manifestações estudantis contra os ataques militares estadunidenses ao Camboja (leia-se Guerra do Vietnã), a Guarda Nacional invadiu o campus e matou a tiros quatro estudantes, ferindo outros nove.

O exército se deslocou até a região de Kent depois de vários protestos (dentro e fora da universidade) que começaram a ficar violentos, com distúrbios que chegaram no centro da cidade (um prédio das Forças Armadas chegou a ser incendiado).

Conhecido como Kent State Shootings, o incidente resultou no fechamento de vários campi universitários no país, em protesto pela ação policial em Kent.

Neil Young compôs a faixa “Ohio” a partir de suas memórias em relação ao ocorrido. A gravação oficial foi feita pelo supergrupo Crosby, Stills, Nash & Young. Outros jovens que estiveram no Kent State Shootings também expressariam seus traumas através da música. Chrissie Hynde, na época estudante da universidade, formaria o The Pretenders. Mark Mothersbaugh e Jerry Casale, que também estavam no campus, formariam a banda Devo, baseada no conceito de “De-Evolution” (Des-Evolução ou simplesmente “regressão da raça humana”).

Abaixo, vocês ficam com a íntegra de “Ohio”, com Crosby, Stills, Nash & Young.