Os Ramones e “Blitzkrieg Bop”

Foi depois de ouvir “Saturday Night” que os integrantes dos Ramones não pensaram duas vezes: queriam criar o seu próprio grito de guerra, tão cativante quanto a canção do Bay City Rollers. Assim nasceu o refrão mais famoso do Rock, Hey, Ho, Let’s Go!.

Joey Ramone declarou, “Naquela ocasião nós realmente gostávamos de música chiclete, curtíamos de verdade do Bay City Rollers. A canção deles, ‘Saturday Night’ tinha um belo refrão, então nós queríamos que o ‘Hey, Ho, Let’s Go!’ de ‘Blitzkrieg Bop’ fosse o nosso ‘Saturday Night'”.

Já o baterista, Tommy Ramone, disse: “Eu escrevi ‘Blitzkrieg Bop’, mas Dee Dee contribuiu com o título e mudou uma linha'”.

Clássico instantâneo, “Blitzkrieg Bop” foi o primeiro single dos Ramones, lançado em abril de 1976. É também a faixa de abertura do álbum de estreia da banda. Nada mal para um começo.

Patti Smith e o último show do CBGB

Degenerando Neuronios

No dia 15 de outubro de 2006, Patti Smith fez o último show da história do CBGB. O clube encerrou as atividades após uma longa disputa entre o proprietário, Hilly Kristal, e o Comitê de Residentes do Bowery (Bowery Residents Committee).

O repertório da apresentação incluiu “Marquee Moon” (Television), “The Tide is High” (Blonde), “Sonic Reducer” (Dead Boys), “Pale Blue Eyes” (The Velvet Underground) e até mesmo um medley de canções dos Ramones, liderado pelo guitarrista Lenny Kaye (que alterou a frase It’s the end of the century, de “Do You Remember Rock ‘n’ Roll Radio?”, para It’s the end of CBGB).

Ironicamente, uma das condições para bandas e artistas que pretendiam se apresentar na casa era justamente priorizar o repertório autoral. Uma belíssima exceção para a poetisa do punk, que tocou durante três horas, reverenciando o maior número possível de grupos que iniciaram suas trajetórias no palco do CBGB.

Abaixo, uma sequência de vídeos gravados na despedida do lendário clubinho.